Pesquise em todo o Portal Bom Jardim

domingo, 22 de junho de 2014

Investindo em qualidade, Estado do Rio de Janeiro vive novo ciclo do café

Após anos de declínio, agricultores começaram a apostar no café gourmet no início dos anos 2000, e agora, colhem elogios.

De O Globo, em 22-06-2014.

A estrada que liga Bom Jardim a Duas Barras, na Região Serrana do Rio, está cercada por pés de café carregadíssimos. A esperada colheita, que acontece uma vez ao ano, começou há 20 dias. Da margem da RJ-116, é possível alcançar o fruto maduro, vermelho como uma cereja, à distância de um esticar de braço. Todos os arbustos do lado direito, assim como os que parecem tocar as nuvens, no topo das montanhas, pertencem ao bonjardinense Aloysio Erthal, 83 anos, dez filhos, 18 netos e um bisneto.

— Só me falta plantar café no asfalto — brinca seu Aloysio, cujo sobrenome está estampado nas fachadas do posto de gasolina e do supermercado de Bom Jardim.
Maior produtor de café do estado, ele tem dez fazendas na região. Self-made man, foi motorista de ônibus, ganhou os primeiros trocados criando frango de corte e, em 1962, plantou os seus primeiros 60 mil pés de café com dinheiro emprestado pelo extinto Instituto Brasileiro do Café (IBC).
Demorou seis anos para quitar a dívida. E logo fez o milagre da multiplicação dos grãos: hoje, a sua lavoura soma 1,8 milhão de cafeeiros.
— Não sou a Sophia Loren nem a Brigitte Bardot, mas tive peito para plantar nesta terra bruta, numa época em que o governo estava erradicando o café no estado — orgulha-se.

sábado, 21 de junho de 2014

Prefeitura de Bom Jardim concede anistia de multa e juros

Prefeitura de Bom Jardim. (Foto: Divulgação)
Os contribuintes de Bom Jardim que possuem impostos ou tributos municipais vencidos e não quitados até 31 de dezembro de 2013, ganharam a oportunidade de pagar suas dívidas com descontos. Já está em vigor a lei complementar nº 169, que institui a chamada anistia de multa e juros de até 100% ao contribuinte que estiver em débito com o município.

Para os vereadores e o prefeito Paulo Barros, a lei proporcionará grande estímulo para os que estão em débito quitarem suas dívidas e indiretamente proporcionar maiores investimentos em saúde, educação, infraestrutura e qualidade de vida. O benefício valerá para os contribuintes que possuem débitos de tributos municipais e taxas como alvará, iluminação pública, coleta de lixo, ISS e IPTU.

Para aderir a lei o interessado deverá procurar a secretaria de fazenda, no andar térreo da prefeitura, até o dia 29 de agosto e terá duas possibilidades: pagar à vista ou parcelado. Para o pagamento à vista será concedido 100% de desconto de juros e multas isoladas sobre o valor e o contribuinte deverá se dirigir ao setor de cadastro e solicitar a guia para o pagamento.

Já para o parcelamento em até 60 vezes, o desconto será de 100% de multa, 50% dos juros; e entre 61 e 84 parcelas, redução de 100% das multas e 10% dos juros. Para as duas opções, o contribuinte deve solicitar o financiamento por meio do setor de protocolo.

A secretária de fazenda, Mayra Jacob, lembra que o valor de cada parcela não poderá ser inferior a R$ 56,38 para pessoa física (0,5 UNIF-BJ) e R$ 112,76 (1 UNIF-BJ) para pessoa jurídica, assim como se o contribuinte deixar de pagar 3 ou mais parcelas consecutivas ou não, perderá o benefício concedido pela lei e enfatiza que a primeira parcela será equivalente a 10% do montante da dívida.

Fonte: Ascom da PMBJ

terça-feira, 17 de junho de 2014

Serviço de vistoria itinerante do Detran visita Bom Jardim

Nesta quarta-feira (18 de junho) a ação acontece em Rio das Ostras, São José do Vale do Rio Preto e Bom Jardim.

Para proporcionar mais conforto aos clientes do Detran, o serviço de vistoria itinerante do Departamento atuará, na quarta-feira (18 de junho) em Rio das Ostras, São José do Vale do Rio Preto e Bom Jardim.

Serão oferecidos os serviços de licenciamento anual, transferência de propriedade, transferência de município, transferência de jurisdição, 2ª via de CRV, inclusão e baixa de alienação, além de alteração de características. Os procedimentos serão realizados mediante agendamento prévio, pelos telefones, 0800-0204040 e 0800-0204041 ou pelo site www.detran.rj.gov.br.

Fonte: Imprensa RJ

Jovem é assassinado com dois tiros na cabeça


Crime ocorreu em Bom Jardim e dois suspeitos já foram detidos. Vítima era de Nova Friburgo.

Um jovem foi assassinado com pelo menos dois tiros de revólver 38 na cabeça na noite do último domingo, 15, em uma casa no município de Bom Jardim. O rapaz, que segundo a apuração dos detetives era morador de Nova Friburgo, estava na casa de uma mulher de 22 anos. Ainda na noite de domingo, dois rapazes, de 21 e 25 anos, foram detidos em operação conjunta das polícias Civil e Militar. Um deles era ex-marido da mulher que estava em companhia da vítima.

A polícia investiga se o crime foi motivado por envolvimento com o tráfico de drogas, já que em um dos bolsos da vítima — que estava sem documentos — foi encontrada uma pedra de crack. Até a manhã de ontem, 16, o corpo do jovem ainda permanecia no Instituto Médico Legal de Nova Friburgo (IML) à espera de identificação. A própria mulher que testemunhou o crime acionou a polícia. O homicídio teria sido testemunhado ainda por outras duas mulheres que estavam na casa.

Em depoimento na 158ªDP (Bom Jardim), os suspeitos teriam afirmado que a tal mulher atraíra a vítima para sua casa facilitando o assassinato; no entanto, houve trocas de acusações sobre a autoria dos disparos. Um deles, inclusive, levou os policiais civis até o local onde as armas usadas no crime foram escondidas junto com drogas para endolação e ainda dez sacolés de cocaína e outras dez trouxinhas de maconha já embaladas. Segundo a polícia, os dois suspeitos foram autuados por homicídio qualificado, acusados de terem armado uma emboscada para a vítima e de porte ilegal de arma.

Fonte: A Voz da Serra

Polícia prende autores de homicídio em 24 horas

Dupla presa é acusada de tráfico de drogas. Policiais da Delegacia de Bom Jardim prenderam com o apoio da Polícia Militar, dois acusados de fazerem parte do tráfico de drogas em Alto de São José.

A dupla também é acusada de matar um homem no último domingo, 15. De acordo com a polícia, a vítima seria de Nova Friburgo e estava em Bom Jardim vendendo drogas.

Os dois acusados de cometerem o crime foram detidos nesta segunda-feira e serão transferidos ainda hoje, 17, para presídios no Rio de Janeiro.

Fonte: Nova Friburgo AM

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Bombeiros e PM ganham novas unidades

Para reforçar o atendimento na Região Serrana, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar inauguraram um destacamento em Bom Jardim e um posto de policiamento em Santa Maria Madalena.

Destacamento do Corpo de Bombeiros em Bom Jardim.

Implantada no distrito de Triunfo, a unidade policial vai intensificar a segurança dos cerca de quatro mil moradores. De acordo com o comandante do 11° BPM de Friburgo, ao qual o posto está subordinado, tenente-coronel Carlos Espanha, os moradores dos distritos de Osório, Imbé, Sossego e Agulha dos Leais vão ser beneficiados.

“Este é um importante acesso às rodovias que desembocam em outros municípios”, afirmou o comandante.

Morador da região, o lavrador José Verbicário, de 86 anos, aprovou a iniciativa.

“Sou nascido e criado no município e acompanhei de perto a transformação da cidade. O posto policial vai trazer mais segurança para os moradores”, disse José.

O novo quartel no município de Bom Jardim foi construído em uma área de mais de 2 mil metros quadrados, em um terreno doado pela Prefeitura da cidade, e está subordinado ao Quartel de Nova Friburgo (6º GBM). O destacamento conta com quatro viaturas, sendo uma administrativa e três operacionais (dois auto rápidos e uma viatura híbrida de combate a incêndios e salvamento). Vinte e nove militares vão compor o efetivo da unidade. Foram investidos cerca de R$ 2,2 milhões entre viaturas e obras.

De acordo com a Secretaria de Defesa Civil, a nova estrutura é mais ampla, segura e adequada às necessidades dos militares, possibilitando a manutenção do atendimento de excelência para a população e o atendimento a pontos estratégicos.

Fonte: Nova Imprensa Oficial